Pedernet
NOTICIAS » MANCHETE

15/12/2017 às 08h29min - Atualizada em 15/12/2017 às 08h29min

PIB de Bauru segue em crescimento

Dados consolidados de 2015 foram divulgados ontem pelo IBGE e, no ranking, o município aparece como a 66.ª economia de todo o País

PIB de Bauru segue em crescimento

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nessa quinta-feira (14) o Produto Interno Bruto (PIB) por município com dados consolidados de 2015. Mesmo em um ano em que os efeitos da crise econômica foram sentidos, Bauru manteve o crescimento de sua economia. O PIB bauruense saltou de R$ 11,6 bilhões em 2014 para R$ 12,7 bilhões no ano seguinte, alta de aproximadamente 8%. Com o resultado, a cidade se situa como a 66.ª economia do País. No mesmo período, o PIB nacional caiu mais de 3%, início da recessão que o Brasil ainda tenta sair.



Para o economista Fernando Pinho, os dados do IBGE podem ser analisados diante do cenário local. "A cidade de Bauru possui uma economia diversificada, com vários nichos de atuação. Então, em momentos de crise, o impacto é menor do que em locais que dependem de apenas uma atividade econômica. Isso pode ter impactado para a economia de Bauru ainda ter crescido mesmo em um ano de crise", afirma.



Segundo os números do IBGE, a prestação de serviços segue como o motor da economia local, respondendo por R$ 7,8 bilhões em 2015. A indústria representa R$ 2,3 bilhões, e teve um bom crescimento em comparação ao ano anterior, quando foi de R$ 1,6 bilhão. Já a agropecuária subiu de R$ 32 milhões para R$ 35 milhões.



Também é levado em consideração o gasto da administração pública, que foi de R$ 1,3 bilhão. "A indústria de Bauru tem poucas empresas grandes, mas mostra que houve uma consolidação. No geral, foi o setor que mais sentiu a crise no Brasil, com a concorrência da indústria estrangeira, então é um dado que demonstra dinamismo da economia da cidade", comenta Fernando Pinho.



66.º DO PAÍS



De acordo com o IBGE, o município de Bauru segue entre as 100 maiores economias do País, subindo de 70.º lugar em 2014 para 66.º em 2015. O instituto já havia colocado Bauru como 66.º em 2014, mas houve uma revisão de dados e a cidade acabou ficando em 70.º, ganhando, agora, quatro posições.



Entre as cidades do Interior Paulista (ou seja, sem contar a Região Metropolitana de São Paulo e litoral), Bauru é a 11.ª colocada, atrás de Campinas, Jundiaí, São José dos Campos, Sorocaba, Ribeirão Preto, Paulínia, Piracicaba, São José do Rio Preto, Taubaté e Mogi das Cruzes. Bauru fica na frente, contudo, de Sumaré, Indaiatuba, Limeira, Jacareí e Rio Claro. A cidade também está mais bem posicionada do que capitais estaduais, como Boa Vista, Rio Branco, Palmas e Macapá.



As cinco maiores economias do Brasil seguem as mesmas, no caso as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba, nesta ordem. Porto Alegre assumiu a sexta colocação, tomando o lugar de Manaus, que agora é o sétimo. Osasco/SP, Salvador e Fortaleza completam os dez primeiros.



PERSPECTIVAS





Malavolta Jr./JC Imagens



Na opinião do economista Fernando Pinho, os números que o IBGE for divulgar nos próximos anos, referentes a 2016 e 2017, devem ter crescimento menor. “A crise foi maior em 2016 e, neste ano, houve uma recuperação tímida. Então, podem ser esperados números mais discretos. Em relação a 2018, o cenário ainda não é de certezas. O atual presidente, Michel Temer (PMDB), não tem uma base de apoio sólida no Congresso Nacional e teremos eleições. Então, ainda pode haver muita volatilidade e incertezas no próximo ano”, conclui.



NA REGIÃO E PIB PER CAPITA



Ainda de acordo com o IBGE, Bauru segue como a principal economia de todo o eixo central e oeste do Estado. O PIB bauruense é praticamente o dobro de Marília, o segundo maior desta região, com R$ 6,8 bilhões. O PIB per capita de Bauru também é maior, R$ 34.621,03, enquanto o da cidade vizinha é de R$ 29.644,48. Bauru também tem PIB per capita melhor do que Jaú, que é de R$ 27.802,46, mas perde para Agudos, que tem renda anual média de R$ 56.206,38 (puxado pela indústria de transformação), Avaí com R$ 47.288,35 (com destaque para agropecuária), Iacanga com R$ 40.342,19 (destaque para serviços). Lençóis Paulista tem PIB per capita próximo do bauruense, na casa de R$ 34.371,76, puxado por indústria e serviços.





 



 





CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR:

AUTOR/FONTE: Thiago Navarro

Flávio Dias

(flaviodias883@hotmail.com)

Veja também »

12/05/2018

Entidades assistenciais de Pederneiras recebem R$ 168 mil antecipadamente da Feira das Nações 2018

Entidades assistenciais de Pederneiras recebem R$ 168 mil antecipadamente da Feira das Nações 2018

10/03/2018

Câmara Municipal de Pederneiras abre inscrições para concurso

Câmara Municipal de Pederneiras abre inscrições para concurso

22/12/2017

Legislativo, Executivo e Bombeiros discutem manutenção do Fundo

Legislativo, Executivo e Bombeiros discutem manutenção do Fundo

21/12/2017

PREFEITURA PAGARÁ R$ 500,00 PARA CADA SERVIDOR DE BÔNUS DE NATAL

PREFEITURA PAGARÁ R$ 500,00 PARA CADA SERVIDOR DE BÔNUS DE NATAL

15/12/2017

PEDERNEIRAS: CEI REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO

PEDERNEIRAS: CEI REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO

15/12/2017

PIB de Bauru segue em crescimento

PIB de Bauru segue em crescimento

serviços

© Copyright 2018 | Pedernet | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS